Americanices

23 01 2010

Ao fim de 15 dias na California parece que sempre vivi aqui, e incrível a quantidade absurda de cultura americana com que somos bombardeados na europa (e resto do mundo acho). Tanta que pouca coisa ‘e nova aqui para alguém que nunca viveu aqui…

Bom, mas todos os dias descubro que tudo e tao mais facil de fazer aqui comparando com o meu Pa’is.

  • Ter uma conta bancaria, com VISA claro. 20 minutos.
  • Tirar identificação. 1 hora.
  • Comprar carro usado + fazer seguro + legalizar o carro. Uma manha.
  • Arrendar casa. 1 tarde.

Toda a gente e muito simpatica e perdem todo o tempo necessario para que o cliente fique satisfeito. (Ao fim de alguns dias o cliente recebe uma chamada em tom de inquérito a querer saber como foi o atendimento, se o cliente der o máximo de pontos o funcionario em questão recebe um premio.)

California e o estado menos americano dos EUA, 80% sao Indianos, 5% asiáticos, 10% latinos (America Latina) e os restantes sao pessoas que seria plausível terem andado comigo na escola primaria.

Zonas

Os 10% dos latino-mexicanos-americo-centrais estão em grande na cidade de San Jose, cidade essa que quando atravessada de carro no inicio da noite parece que estamos num bairro do GTA daqueles onde nao queremos estar. Estive la 3 dias e jurei que nunca mais.

Boas cidades onde morar no vale sao: Mountain View, Sunnyvale ou Palo Alto. O resto so se for San Francisco e mesmo assim e preciso perder tempo a escolher os bairros.

Descontos e historias

Os seguros nao sao propriamente baratos ao contrario dos carros…
Quando estávamos a comprar o carro um de nos ligou a um conhecido aqui perto a perguntar por empresas de seguros, um mexicano na casa dos 50 que estava a ouvir meteu conversa e começamos a falar enquanto estávamos a espera do carro que estava a ser sujeito a uma inspecção. Ficamos a saber que o senhor estava aqui desde 76 e que nunca tinha andado de autocarro nos EUA, como ele dizia: ninguém anda aqui. Deu-nos um MEGA contacto de um amigo dele que tinha uma companhia de seguros e que nos ia fazer os *possíveis* para termos um seguro barato.

Os seguros aqui nao sao apenas do carro, mas da dupla pessoas+carro. O seguro nao e baixo, mas foi o mais barato possível, contra terceiros. O esforço do agente de seguros foi tanto que casou um dos proprietários masculino com um dos proprietários feminino e por engano os dois outros proprietários um com o outro. Nao vou dizer com quem fiquei casado…

Advertisements